Los Ángeles
City Touch  

A primeira cidade do futuro

 

Nos anos 90, quando imaginávamos as cidades de 2030, os carros voavam, todos usávamos roupas prateadas e era possível controlar toda a vida premindo um botão. Hoje, em 2015, estamos muito mais perto desse futuro do que pensamos. Embora os carros ainda não reproduzam o voo dos pássaros, é verdade que já existe uma metrópole que tenta centralizar toda a sua iluminação num só ponto.

Assim, a cidade norte-americana de Los Angeles será a primeira cidade do mundo a controlar os seus sistemas de iluminação através de tecnologias móveis. Para tal, o primeiro passo foi substituir a iluminação convencional por iluminação LED; o segundo foi obter um sistema que permitisse geri-la de forma eficaz, independentemente do fabricante da luminária.

É neste momento que o Philips City Touch entra em cena. Toda a iluminação é controlada através desta tecnologia, pelo que é possível regular a intensidade luminosa de áreas ou ruas específicas a partir do departamento de iluminação rodoviária da cidade (LA’s Bureau of Street Lighting).  Graças a esta nova solução, poupa-se energia, reduz-se a manutenção em toda a instalação e as ruas ganham uma luz de qualidade. No entanto, os benefícios vão mais além do plano económico: uma melhor iluminação aumenta a segurança e, aliada à pedonalização de ruas proposta pelo presidente da câmara Garcetti, promove a revitalização dos bairros.

Mas o que é o City Touch? É um sistema para controlar de forma remota a iluminação da cidade. Cada luminária está equipada com um dispositivo diferenciado com um chip de tecnologia móvel “plug and play”, que permite que cada ponto se identifique a si mesmo. Deste modo, a central sabe exatamente onde se encontra cada ponto e pode controlar, de forma remota, não só a ação de ligar ou desligar, mas também a quantidade de energia que está a consumir ou se requer manutenção. Esta ligação sem fios pode aplicar-se a qualquer uma das luminárias já existentes na cidade e, deste modo, todas podem ser agrupadas por ruas, bairros, zonas, diagramas, atividades, etc., permitindo uma organização flexível e exata que pode ser controlada e gerida através de qualquer browser.
Porto de Los Angeles com iluminação City Touch da Philips Lighting
Além da cidade americana, podemos encontrar exemplos do bom funcionamento desta tecnologia muito perto de nós. Desde novembro de 2013 que a autoridade portuária  de Santa Cruz de Tenerife regula diariamente a iluminação de três dos seus portos através do Philips City Touch. Este método dá uma flexibilidade absoluta à direção, uma vez que é possível controlar a iluminação em tempo real e também prever uma atuação com meses de antecedência.

Num porto, as necessidades em termos de luz não são iguais em todos os dias do ano. Por exemplo, durante o carregamento de um navio, essa zona necessita de uma potência a 100% mas, assim que o navio tiver partido, o sistema permite deixar a iluminação a 20% de segurança.  Esta flexibilidade e a substituição de parte da iluminação por LED permitiram uma poupança de 75%.

A cidade de Los Angeles e o porto de Santa Cruz são um exemplo do futuro que já chegou. Todos os dias, há um novo passo em frente que abre o caminho para o 2030 com que sonhamos. Pequenos avanços que permitem otimizar recursos energéticos, melhorando o nosso impacto sobre o planeta. Assim, essa cidade do futuro não só será mais cómoda e flexível, como também mais consciente e respeitadora do ambiente.